Promotores de merchandising: a importância da linha de frente

5 de janeiro de 2018, por Mônica Nascimento


No último artigo abordamos o tema da estratégia de marketing: como ela vai do escritório a rua. Ou melhor, até a gôndola do supermercado/loja. Hoje vamos falar da importância dos Promotores de Merchandising.

O que faz o promotor de merchandising?

Promotor de Merchandising é o responsável por abastecer a loja (gôndola e espaços extras – displays, ilhas, ponta de gôndola), respeitando a estratégia desenvolvida pela equipe de marketing/trade/merchandising. Ele é o responsável por garantir o elo final entre a estratégia de marketing e o consumidor final. Sem o promotor, o produto não chega na gôndola, logo não estará nas mãos do consumidor.

Como ele opera?

O promotor deve ter em mãos (e na cabeça!) O Guia de Execução elaborado pela empresa. Este Guia, como o nome já diz, é o documento norteador do trabalho do promotor no ponto de venda. Nele, a empresa identificou os fluxos nas lojas alvo, o perfil dos compradores e consumidores de seus produtos, e qual melhor planograma (exposição) para o consumidor. O promotor é responsável pela execução do plano de Merchandising.

O que ele deve fazer?

Sua principal responsabilidade é garantir que não falte produto na gôndola e em todos os espaços da marca. Mas além disso, deve saber medir a participação dos produtos na gôndola (facing) e atingir as metas fixadas pela empresa para cada segmento de produtos. Precisa também precificar corretamente os produtos/promoções com o material distribuído pela empresa, utilizar cartazetes, faixa de gôndola, demarcador, splash de oferta, enfim, o promotor deve estar munido de materiais de merchandising para o ponto de venda (MPDV’s).

Ele também é o responsável por montar os displays e colocar nos locais apropriados, com o  mix correto dos produtos, os de maior giro, os que estão em oferta, as novas marcas e os que precisam ainda de impulso (estratégia definida pelo time de marketing e trade).

Quais os desafios de um promotor?

O promotor enfrenta vários desafios diários:

– Convencer o gerente da loja a aceitar mudanças no planograma (exposição de produtos);

– Garantir os parâmetros corretos de exposição (principalmente quando há concorrentes fortes);

– Implementar materiais de ponto de venda;

– Alinhamento com repositor de loja (quando a reposição não é feita pelo promotor).

E como fica o elo entre o promotor e a empresa?

O promotor deve se comunicar constantemente com o coordenador de merchandising, supervisores e vendedores! Relatando as maiores dificuldades, falta de produtos, material MPDV, para evitar por exemplo, rupturas de produto na gôndola, falta de displays perdendo espaço para concorrência etc. Cada vez que o consumidor vai a gôndola e não encontra seu produto, é uma venda perdida e um consumidor frustrado.

O promotor é, portanto, um elo fundamental entre a estratégia de marketing, trade e vendas, até chegar no consumidor final.

Por Mônica Nascimento – Reckitt Benckiser


Mônica Nascimento
Diretora de Marketing Reckitt Benckiser

Compartilhe:


INSCREVA-SE NO BLOG!
Receba semanalmente as novidades

hp

Organize seus processos, automatize seus relatórios e acompanhe sua equipe em tempo real.

Experimente Gratuitamente

Acompanhe-nos nas redes sociais:

Checkmob ® é uma empresa CINQ Mobile Ventures, Ltda.

Organize seus processos, automatize seus relatórios e acompanhe sua equipe em tempo real.

Experimente Gratuitamente

Acompanhe-nos nas redes sociais:

Checkmob ® é uma empresa CINQ Mobile Ventures, Ltda.